+55 31 3496 1855

O que é um aneurisma

Entenda o que é um aneurisma

Segundo estudos de alguns membros da Academia Brasileira de Neurocirurgia, Aneurismas intracranianos são dilatações de vasos sanguíneos cerebrais que possuem um risco potencial de ruptura.

O que leva a hemorragia subaracnoidea (HSA). Esta é uma condição fatal, sendo que cerca de 12% dos pacientes acometidos por ela morrem antes de obter atendimento médico e cerca de 40% morrem em até 1 mês após o incidente.

O que é um aneurisma

Fonte: Wikimedia

 

Alem disso, muitos pacientes que sobrevivem à ruptura de um aneurisma ficam com seqüelas, o que resulta em problemas da adaptação ambiental e social, bem como na queda da qualidade de vida. Estima-se entre 2% a 5% a prevalência de aneurismas cerebrais na população adulta, com taxa de ruptura de aproximadamente 0,7% a 1,4 % por ano. Apesar de a mortalidade devido à ruptura de aneurismas ter diminuído, a prevalência da HSA tem se mostrado constante ao longo dos anos, com uma taxa estimada de 1 a cada 10.000 habitantes por ano.

Conheça os clips exclusivos da ADCA

Produtos que salvam vidas

Os Clips Implantáveis Intracranianos para Aneurisma Cerebral, os Clips para aneurisma, são dispositivos utilizados unicamente para fechamento e/ou isolamento em veias e/ou artérias em decorrência de Aneurismas Cerebrais em seres humanos.

A patogênese dos aneurismas cerebrais ainda é pouco conhecida. Sabe-se que há formação dessas dilatações saculares esta relacionada à perda da integridade do tecido conjuntivo ao redor da parede do vaso bem como a degeneração túnica média. Tratando-se de uma doença multifatorial, a patogênese esta relacionada a um conjunto de fatores predisponentes atuando ao mesmo tempo. Ocorre interação entre a predisposição genética e fatores ambientais e comportamentais, aumentando o risco de desenvolvimento de aneurismas.

Ainda é pequeno o número de casos de aneurisma com diagnóstico antes do rompimento. Na maioria das vezes o paciente descobre que estava acometido por um Aneurisma Cerebral após o AVC. Para confirmar o diagnóstico anterior ao AVC, são necessários exames como a tomografia computadorizada e a angiografia cerebral. Hoje existe uma série de exames avançados e menos invasivos que garantem um diagnóstico precoce.

Para a “clipagem” do aneurisma – implantação de um clip – é necessário o diagnóstico anterior ao rompimento ou anterior a processo hemorrágico comprometedor. O implante de clips intracranianos para aneurismas cerebrais, através de um procedimento cirúrgico, é uma das melhores formas para a prevenção de um AVC.